Jogo Responsável - Inside Casino

Jogo Responsável

O Jogo Responsável é uma preocupação cada vez maior de todos os envolvidos com os jogos de azar, principalmente entre os melhores cassinos online e casas de apostas de todo mundo. Com a popularização do jogo virtual, o acesso às máquinas caça-níqueis, roleta, cartas e vários outros jogos ficou muito mais fácil; não é mais preciso sair de casa, pegar um transporte ou ir de carro, entrar em um salão, comprar fichas e jogar. Os cassinos online estão a poucos toques na tela, inclusive em países com leis restritivas de jogo físico, como o Brasil.

Se isso é excelente para os fãs do jogo, também pode ser um problema para quem não sabe lidar com o jogo e transforma a diversão em um vício. As redes sociais e suas “histórias de sucesso”, sobre aquela pessoa que ganhou um jackpot de milhões ou que vive de apostas esportivas também não ajudam a controlar a ansiedade.

Incentivar o jogo responsável não é contraproducente para a indústria do jogo, muito pelo contrário. Mostra uma faceta responsável e que sabe de suas responsabilidades com a sociedade. E assim ajuda a diminuir o estigma do jogo em geral, podendo conquistar mais clientes.

Neste texto iremos explicar o que é o jogo responsável, como detectar alguns sinais preocupantes sobre seus hábitos e falar sobre a ajuda que existe. O Inside Casino promove o jogo responsável e sempre indicará que as caça-níqueis, a roleta, o blackjack, pôquer e todo jogo que envolve azar e sorte são uma diversão e não podem passar disso.

O que é Jogo Responsável

O jogo existe há muitos séculos e foi sendo criado em civilizações que nada tinham a ver umas com as outras. Ou seja, é uma parte de nossa existência querer lidar com a sorte e buscar entretenimento, seja individual ou coletivo.

Porém, justamente desse conceito da sorte pode ser algo difícil de lidar, tanto nos bons momentos como nos ruins. O jogo responsável prega limites, especialmente o financeiro, mas também o emocional. Para ser divertido, um jogo não pode comprometer seu psicológico ou sua saúde financeira, já que isso pode trazer todo tipo de pressão, inclusive nos seus relacionamentos pessoais. Abaixo iremos explicar como fazer um jogo responsável e você verá que é fácil traçar algumas condições que não podem ser ignoradas.

Como fazer um Jogo Responsável

Primeiro de tudo, tenha o controle sobre o que está fazendo. Os jogos, desde os mais simples até os mais complexos, têm uma série de regras, diversas variações e probabilidades de vitória. Ter conhecimento de tudo isso antes de dar o pontapé inicial é fundamental.

Assim como ter controle emocional. Não se empolgue em demasia com os ganhos a ponto de achar que essa maré de sorte sempre irá continuar. É comum que pessoas que começam a ganhar façam fantasiam com prêmios milionários ou pensem nisso como trabalho principal. Existem profissionais que conseguem essa façanha. Mas a custo de muito treino, esforço, conhecimento e controle emocional. Nunca tome decisões de cabeça quente ou sob o efeito de álcool e drogas.

E, o mais importante para o jogo responsável, tenha um limite financeiro. Não coloque um limite de perdas ou ganhos e sim de dinheiro investido.

Por exemplo, se você separou 20 reais para jogar 20 rodadas de caça-níqueis, só jogue isso, não importando se você ganhou as 20 ou perdeu todas. Assim você não cometerá o erro de apostar “dobro ou nada” tentando sair de um buraco ou se empolgará com os ganhos para perdê-los em sequência. Os cassinos online não irão a lugar algum, você pode voltar outro dia.

Faça esse limite financeiro ser completamente ligado a seu orçamento. A maior tensão que existe com o jogo é quando ele influencia suas contas ou as de sua família. Jamais faça isso: aposte apenas o que você pode perder ou que gastaria com outro entretenimento.

E outra regra básica: não aposte ou crie contas se você tem menos de 18 anos de idade. Os cassinos online criaram sistemas bastante eficientes para impedir a criação de contas por menores de idade.

Como sei quando estou viciado

Não é fácil reconhecer quando você passou do limite e pode estar viciado no jogo. Esse é um problema muito real que afeta pessoas no mundo inteiro e afortunadamente há instituições e grupos de apoio que podem ajudar nesse momento. Falaremos delas mais abaixo.

Há alguns sinais que você deve ficar atento para tomar o passo mais importante quando se tem um vício, que é o reconhecimento da existência dele. É claro que apenas um dos sinais abaixo não quer dizer que você tem um problema, mas sim vários deles.

  • Você busca o jogo diversas vezes por semana, fazendo ele ser parte de sua rotina diária ou semanal
  • É muito mais comum você ficar bravo, irritado ou ansioso do que se divertir jogando
  • Seus gastos com o jogo são um peso no seu orçamento
  • Você esconde o jogo das pessoas mais próximas por vergonha
  • É comum você passar do limite imposto, seja de tempo ou dinheiro, para tentar recuperar perdas ou continuar em uma maré de sorte
  • Você busca as apostas esportivas e os jogos de azar como um escape do dia a dia e não como um entretenimento
  • Você relaciona o jogo com hábitos que não são saudáveis como bebida, consumo de drogas ou para se isolar do mundo

Caso você tenha se identificado com todos os pontos acima ou boa parte deles, é possível que você tenha um problema com os jogos de azar. Buscar ajuda é um sinal de coragem, não de derrota.

Instituições que promovem o Jogo Responsável

Como dissemos acima, o Jogo Responsável é incentivado por todos os envolvidos no mercado das apostas. As casas de apostas e cassinos online contam com ferramentas para incentivar o jogo responsável: desde relógios que marcam o tempo que você está logado na plataforma, limites diários e semanais que podem ser impostos nos depósitos até medidas mais drásticas. Uma das ferramentas mais assertivas é a auto-exclusão: se um jogador pede por ela, a conta é automaticamente excluída por um período de tempo ou de forma permanente e qualquer dinheiro que está no saldo é devolvido.

Essa contrapartida é algo exigido pelos principais órgãos reguladores, que investem em campanhas e obrigam os cassinos a serem proativos na questão. Há também instituições independentes que fazem excelentes trabalhos como a BeGambleAware, que oferece telefones gratuitos e chats instantâneos para pessoas que precisam ser atendidas imediatamente. Há instituições brasileiras como a Associação Viver Bem que também atuam nessa área e que podem ajudar as pessoas que perderam o controle e querem se afastar desse vício.

Portanto, há uma estrutura de incentivo ao Jogo Responsável, mas cabe ao apostador também estar ciente dos perigos e desafios desse tipo de entretenimento. A roleta, caça-níqueis, Blackjack, pôquer, bingo e outros jogos são só uma diversão.